sexta-feira, 27 de julho de 2012

Escuso


Não preciso de ti!
Porque não és a falta que me fizeste sentir,
Nem o êxtase de quando te pude ouvir,
Não és o que vivi.
Não te choro!           
Porque errei acreditando que exististe,
Nem tao pouco me deixavas quando fugiste,
Não sinto a dor quando imploro!
Não te amo!
Não espero mais do que não soubeste dar,
Não quero, o teu tempo ou a tua vontade,
É mentira viver com a tua verdade.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial